Braga Destaque Saúde

Aluna da UMinho recebe bolsa de investigação da Liga Portuguesa Contra o Cancro

Redação
Escrito por Redação

Uma aluna da Universidade do Minho venceu a primeira edição da bolsa de apoio à investigação oncológica com um novo tratamento para o cancro da mama.

Sofia Pinto, aluna de mestrado da Escola de Medicina, recebeu a bolsa de investigação em oncologia, da responsabilidade da delegação de Braga Liga Portuguesa Contra o Cancro e da Escola de Medicina da Universidade do Minho. Esta bolsa vai apoiar um novo tratamento que pode dar resposta ao tipo mais agressivo de cancro da mama.

A bolsa de investigação da Delegação de Braga da Liga Portuguesa Contra o Cancro e da Escola de Medicina da Universidade do Minho procura incentivar os trabalhos em torno da doença oncológica, com a atribuição de um valor anual de 12 mil euros.

A estudante venceu a bolsa com um projeto que dá continuidade à investigação em relação ao subtipo triplo negativo, o único subtipo de cancro da mama em que nenhuma terapia tem tido resultados.

O projeto de investigação selecionado – intitulado “Novos compostos baseados na unidade de cromeno para o tratamento do cancro da mama triplo negativo” – tem como objeto de estudo a atividade anticancerígena de novos compostos que se têm mostrado especialmente promissores neste subtipo de cancro da mama, destacando-se ainda por poder não ser tóxico para as células saudáveis (não neoplásicas).

O trabalho de Sofia Pinto representa a continuidade de um estudo sobre cancro da mama em que Fátima Baltazar, Olívia Pontes e Marta Costa (orientadora da vencedora da Bolsa) têm dado novas pistas no combate à principal causa de morte por cancro nas mulheres.

A cerimónia de atribuição da bolsa realiza-se esta quinta-feira, 27 de junho, às 10h, na Escola de Medicina da Universidade do Minho.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação

Deixar um comentário