Braga Destaque

Mais de 600 bombeiros de vários países vão subir os escadórios do Bom Jesus

Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

A maior prova de bombeiros da Europa volta a realizar-se em Braga a 28 de setembro. À semelhança dos outros anos, a terceira edição do Bombeiro de Elite vai ter como pano de fundo o Bom Jesus, recentemente eleito Património Mundial da UNESCO.

Este ano a iniciativa conta com um número recorde de participantes. Quase 700 bombeiros de vários pontos do país e vários países da europa vão subir os escadórios com um peso de cerca de 20 quilos “às costas”.

A resistência física dos bombeiros vai ser testada nos 566 degraus que terão de subir no menor tempo possível, com o equipamento completo de proteção individual de bombeiro (casaco de fogo, botas, calças, cogula, luvas, capacete e aparelho respiratório circuito aberto), com um peso de 20 quilos, aproximadamente.

Ao todo, os participantes vão percorrer 615 metros com um desnível positivo de 116 metros.

A cargo da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, a prova foi apresentada no passado sábado e conta já com 610 inscritos, num total de 124 corporações, entre elas, 18 estrangeiras.

Os números foram apresentados pelo Sapador Ricardo Fernandes, Secretário Coordenador Norte da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, que sublinhou que “a forte aceitação e adesão que se registou o ano passado aumentou a nossa exigência, a nossa responsabilidade e a nossa ambição de tornar esta prova um marco internacional”.

Com um cenário proveligiado, um dos objetivos da prova é sensibilizar as pessoas para a prática desportiva, mas também para a preservação do ambiente.

A prova consiste em subir os escadórios do Bom Jesus do Monte no menor tempo possível.

Na apresentação estiveram presentes, também, a vereadora do Desporto, Sameiro Araújo, o vice presidente da Câmara Municipal de Braga, Firmino Marques, o vice presidente da Confraria do Bom Jesus de Braga, Varico Pereira, o comandante da companhia de bombeiros sapadores de Braga, José Sousa, da ADN Eventos Desportivos e o empresário bracarense José Ferreira, CEO da JC Group.

 

 

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista