Braga Destaque

Trotinetes elétricas chegam hoje a Braga

Redação
Escrito por Redação

Chegam hoje à cidade de Braga as trotinetes elétricas da CIRC, a primeira empresa a obter autorização da Câmara Municipal de Braga para disponibilizar trotinetes elétricas partilhadas na cidade.

Nesta primeira fase, ficou acordado o lançamento do projeto com o objetivo estudar a quantidade de trotinetes a disponibilizar e o número de pontos de partilha que este novo modo de transporte irá ter na cidade. A avaliação e os seus resultados serão anunciados em setembro.

Com esta entrada, a CIRC consolida a sua posição enquanto operadora de trotinetes eléctricas líder em Portugal, estando já presente em 12 cidades portuguesas. Lisboa, Cascais, Almada, Faro, Portimão, Coimbra, Figueira da Foz, Matosinhos, Vila Nova de Gaia, Maia, Gondomar e agora Braga.

Assim, a partir de hoje, vão estar disponíveis trotinetes da CIRC em 25 lugares que antes eram de estacionamento para automóveis e que foram convertidos em pontos de partilha de trotinetes.

Para andar numa trotinete da CIRC basta fazer o download da aplicação da CIRC no google play ou na app store. Através da app da CIRC é possível fazer o desbloqueio das CIRC por um valor de 1€, ao qual acrescem 0,15€ por minuto. Para incentivar o correto estacionamento dos veículos, a CIRC vai dar um bónus de 0.50€ a todos os utilizadores que estacionarem nas zonas de estacionamento indicados pela Câmara Municipal de Braga.

Colaborando com Braga no ordenamento do espaço público, a CIRC vai também mostrar na sua APP os pontos de estacionamento, promovendo, assim, o estacionamento correto e a sua identificação pelos utilizadores.

No âmbito desta visão amiga do espaço público, a CIRC contará com equipas próprias que vão assegurar, diariamente, o carregamento das baterias, a verificação da segurança das trotinetes, o seu correto estacionamento e a sua colocação nas zonas de estacionamento estabelecidas.

“Estamos focados que os projetos-piloto de trotinetes eléctricas da CIRC tenham o maior sucesso nas cidades que nos deram confiança para entrar. Braga não será excepção. Estamos entusiasmados e pretendemos desenvolver este projeto lado a lado com a autarquia com o objetivo de que novas opções de transporte como as trotinetes ganham o seu espaço na cidade e passem a ser uma realidade para quem se deslocam em Braga”, disse Gustavo Silva, City Manager da CIRC.

A CIRC disponibiliza 3 opções de passes aos seus utilizadores: um passe de 6€, para 1h de viagem de trotinete, um de 10€, com direito a duas horas de viagem, e ainda um de 24 horas, por 25€, para quem quiser andar de trotinete quase sem limites.

De modo a manter a segurança dos utilizadores destes meios de transporte e dos peões, serão criadas as red zones, nomeadamente nas zonas históricas e pedonais. Caso um utilizador de trotinete entre nestas red zones, a trotinete abrandará naturalmente até parar. O utilizador não poderá finalizar as viagem e será aconselhado através da app a sair fora dessa zona para voltar a circular normalmente.

“Estamos confiantes que Braga poderá aderir de forma positiva a estes novos modos de transporte, como as trotinetes. Para a cidades interessa disponibilizar várias opções de mobilidade, se possivel sustentável para quem se desloca na cidade. Estamos a criar infraestruturas e condições para que as pessoas comecem a optar pela bicicleta e pelas trotinetes em viagens que não duram mais de que 1 ou 2 km. Vamos monitorizar em tempo real os padrões de mobilidade e dentro de um mês acredito que teremos resultados para anunciar”, disse o Vereador da CM de Braga, João Rodrigues.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação