Destaque

Denunciadas condições degradantes da residência de família de Vila Verde

Partilhe esta notícia!

A situação foi denunciada pelo vereador da Câmara Municipal de Vila Verde, José Morais, que foi alertado do cenário grave que uma família de Vila Verde vive.

Trata-se de um casal jovem com duas filhas menores, uma menina de 12 anos e uma bebé de 9 meses que moram numa barraca a cerca de 2 quilómetros do município de Vila Verde.

O vereador relata que a casa é constituída por paredes feitas com tábuas de madeira, “o chão em bruto e um telhado de placas de fibrocimento”.

A menina de 12 anos dorme no chão e o casal dorme na cama com a bebé.

José Morais diz que se trata de uma “habitação” com uma divisão que serve para dormir, cozinhar e tomar banho.

“Quando chove, o interior da barraca fica inundado, o que, infelizmente, voltou a acontecer no domingo passado”, disse o vereador do PS, acrescentando que “a situação torna-se ainda mais grave”, porque a família está há vários meses a pedir ajuda à Câmara, sem sucesso. “Pedem a legítima oportunidade de ter acesso a habitação social”, disse.

José Morais afirma ainda que a “vereadora da habitação social, Dra. Júlia Fernandes é conhecedora das condições em que vive esta família, mas nada faz. Isto apesar dos reiterados pedidos de ajuda”.

O vereador afirma não compreender como é que o Município “se continua a dar ao luxo de ter habitações sociais vazias, à espera de obras e de novos inquilinos”, uma situação que José Morais denunciou há seis meses.

O vereador do PS considera que a requalificação imediata das habitações sociais é urgente e que devem ser entregues às famílias que delas necessitam.

“Quando referimos que a Câmara de Vila Verde tem de inverter as prioridades é a isto que nos referimos”, disse, revelando que ainda esta terça-feira “deu entrada um novo pedido de apoio para habitação social, formalizado por escrito por esta família”.

Comentários

topo