Destaque País

José Sócrates volta a ser interrogado no âmbito da Operação Marquês

Redação
Escrito por Redação

José Sócrates vai voltar a ser interrogado no âmbito da Operação Marquês, avança a SIC em notícia. A ordem foi dada pelo juiz Ivo Rosa. O antigo primeiro-ministro vai ser ouvido nos dias 28, 29, 30 e 31 de outubro.

A fase de instrução da Operação Marquês, que arrancou em janeiro deste ano no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, é uma espécie de pré-julgamento que define o futuro do maior processo de corrupção investigado pela Justiça portuguesa.

É nesta fase processual facultativa, requerida por 19 dos 28 arguidos, que o juiz Ivo Rosa vai decidir se as provas recolhidas pelo Ministério Público (MP) são suficientemente fortes para conseguir uma condenação em tribunal, ou se a acusação tem margem para ser desmontada e deve cair.

O Processo Operação Marquês

O processo Operação Marquês envolve 28 arguidos – 19 pessoas e nove empresas -, incluindo o ex-primeiro ministro José Sócrates, acusado de corrupção passiva de titular de cargo político, branqueamento de capitais, falsificação de documentos e fraude fiscal qualificada.

No decorrer da investigação, a cargo do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), foram autorizadas e transcritas mais de 2.600 escutas e enviadas nove cartas rogatórias para diversos países, entre os quais Suíça e Angola. O processo foi investigado durante mais de quatro anos com mais de três mil documentos em suporte de papel e 13.500 milhões de ficheiros informáticos.

No âmbito deste processo, chegaram a estar em prisão preventiva o ex-primeiro-ministro, o empresário e amigo do ex-chefe do Governo Carlos Santos Silva e o antigo motorista de Sócrates João Perna.

 

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação