Destaque Região

Prisão preventiva para alegado incendiário em Arcos de Valdevez

Lusa
Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

Um homem de 64 anos foi detido, na passada sexta-feira, por ter causado um incêndio em Arcos de Valdevez, que consumiu uma área de cerca de 500 metros quadrados.

Segundo a Polícia Judiciária (PJ), o suspeito agiu por vingança, “utilizando para efeito um isqueiro que possuía e que foi apreendido”.

O suspeito pela autoria do incêndio florestal em Padreiro Santa Cristina, Arcos de Valdevez, vai aguardar julgamento em prisão preventiva.

A PJ adiantou, em comunicado, que o incêndio consumiu uma área de 500 metros quadrados de ervas e arbustos, “não tendo atingido outras proporções devido à pronta intervenção de populares e dos bombeiros, que rapidamente extinguiram o fogo, antes de atingir uma habitação situada nas proximidades”.

O suspeito é residente em Padreiro Santa Cristina, local onde ocorreu o incêndio.

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista

Deixar um comentário