Braga Destaque

1.010 pontas de cigarro e um saco de 100 litros de lixo recolhido na praia da Apúlia

Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

Mais uma vez, a Praia da Apúlia foi o alvo de mais uma sessão de plogging levada a cabo por Carlos Dobreira.

O praticante de plogging recolheu durante a manhã de terça-feira 1.010 beatas de cigarro e 1 saco de lixo de 100 litros.

Em apenas 90 minutos foram recolhidas 300 beatas na praia e respetivos acessos, tendo a sessão terminado com um total de 1.010 pontas de cigarro. Anteriormente, no passado dia 4 de setembro, já tinham sido recolhidas 372 beatas de cigarros na mesma praia, além de um saco de lixo de 30 litros.

Segundo Carlos Dobreira, “as beatas recolhidas serão doadas ao Laboratório da Paisagem, no âmbito de projeto de parceria com o Instituto de Soldadura e Qualidade e o Centro de Valorização de Resíduos da Universidade do Minho”.

Este projeto promove a incorporação das pontas de cigarro, como resíduos, em materiais de construção.

A sessão que teve lugar na Praia da Apúlia iniciou pelas 9h45 e terminou às 13h. Esta ação decorre até 31 de dezembro de 2019 e pretende dar a conhecer a colossal pegada ecológica existente na Praia da Apúlia.

Através de nota de imprensa, a recolha realizada foi comunicada ao Presidente da República, ao Presidente da Câmara Municipal de Esposende, à Agência Portuguesa do Ambiente, à EAmb – Esposende Ambiente e à Escola Básica da Apúlia.

Fotos: Carlos Dobreira

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista