Ambiente

Braga recebe ações de plogging, filmes e debates na Semana da Mobilização pelo Clima

Partilhe esta notícia!

Sessão de Plogging no Rio Este, Cine Clima e debates são três ações que vão marcar a Semana da Mobilização pelo Clima em Braga.

Entre 20 e 26 de setembro tem lugar a Semana pelo Clima, uma ação que acontece a nível mundial com o objetivo de sensibilizar para as alterações climáticas.

Organizadas pela associação Braga para Todos, estas ações decorrem entre os dias 21 e 22 de setembro.

No dia 21 terá lugar a ação de plogging no Rio Este com início às 9h. O ponto de encontro está marcado no Elefante Azul e termina na Avenida Central. O objetivo desta ação é dar continuidade às ações realizadas durante o mês de agosto.

“O plogging acaba por ser uma ação simples, fácil de concretizar, que pode ser realizável com uma maior ou menor adesão, mas tem efeito direto nas pessoas com que nos cruzamos e permite uma interação grande”, disse Elda Fernandes, porta-voz do movimento ativista de Braga, acrescentando que se trata de uma ação “saudável por ser feita ao ar livre, uma forma de exercício físico e um ativismo de protesto a quem polui os espaços públicos e uma reivindicação ao poder executivo para também sensibilizar e agir, neste caso, com a colocação de cinzeiros para beatas e mais ecopontos menores”.

Já o Cine Clima trata-se de sessões de cinema que acontecem a nível nacional e na qual Braga contará com o filme Desobediência, transmitido na Junta de Freguesia de São Victor. O filme será comentado por Pedro Pinheiro Augusto do movimento Braga para Todos e ativista fundador do movimento anti lítio de Braga.

Além disso, terá lugar um debate que pretende juntar várias temáticas associadas ao ambiente com temas que envolvem a economia circular, responsabilidade ambiental e o plogging como ação de ativismo a nível nacional.

“Nesta semana, achamos que faz sentido pensar no todo e não na parte. Por norma, a nossa ação, também derivada de sermos um movimento a nível local, prende-se por temas mais locais e apresentação de propostas que visem a solução ou diminuição do impacto dos mesmos, mas aqui vamos tentar proporcionar aos presentes um evento mais abrangente, seja pelo nosso modelo económico que não está pensado para proteger os nossos recursos ambientais, seja pelas consequências do extrativismo sem estudo do impacto”, adiantou Elda Fernandes.

A tarde fica marcada com seis debates, onde se destaca a Amazónia, com o objetivo de informar o que se passa no terreno na perspetiva de quem tem algum conhecimento do terreno.

As ações da tarde de 21 e 22 acontecem ambas no auditório da Junta de Freguesia de S.Victor. O Cine Clima inicia às 17h e termina às 18h30. Os debates “Pelo Ambiente, por Todos” são entre as 15h e as 18h do domingo 22. A entrada é livre e em ambas as ações há espaço para intervenção.

Foto: Carlos Dobreira

Comentários

topo