Vila Verde

Candidatos do PS visitam obras do “regadio de Cabanelas”. Valor ascende a 8 milhões de euros

Redação
Escrito por Redação

Os candidatos do PS visitaram as obras do “regadio de Cabanelas”, cujo valor ascende a 8 milhões de euros. Na visita estiveram, também, os presidentes de Junta, Esquível Gomes e Filipe Silva.

Os candidatos tiveram oportunidade de contactar agricultores e acompanhar a execução das obras do regadio, durante a visita. Esta é uma obra que já se encontra em curso, cujo valor global ascende a 8 milhões de euros, integralmente suportados por fundos nacionais.

Segundo José Morais “esta obra é estruturante para o aproveitamento de todo o potencial agrícola que esta zona do concelho dispõem. É o maior investimento feito na agricultura do concelho de Vila Verde nos últimos 20 anos”.

“A construção do ‘regadio de Cabanelas’ era uma obra que os agricultores da Zona Sul do concelho reclamavam há vários anos”, disse José Morais.

Morais recordou que “foram vários os governos de vários partidos, incluindo do meu partido, que no passado prometeram mas não cumpriram. Agora a obra é uma realidade. Está em execução. A vontade dos agricultores e dos autarcas destas freguesias e a luta que decidimos travar desta feita encontraram no atual governo disponibilidade para resolver um problema com muitos anos. Hoje estamos aqui  a ver as obras já em andamento. Caso para dizer, palavra dada palavra honrada”.

“Durante a campanha para eleições legislativas de 2015 e autárquicas de 2017, dissemos que o regadio seria uma realidade e que não descansaríamos enquanto não se concretizasse. Na altura ouvimos os nossos adversário políticos dizerem que o que afirmávamos não passava de uma mentira e de uma promessa eleitoral, acusando-nos de que apenas queríamos iludir o povo. Pois, hoje, a exemplo de outra obras, prova-se que afinal o regadio é uma realidade e não uma promessa”, recordou o líder socialista e também candidato a deputado.

“Esta é a prova que se tivermos projetos, acreditamos neles e depois lutar para que se concretizem, a obra acaba por aparecer”, acrescentou.

Por fim, Morais salientou que “a zona sul do concelho tem grande tradição agrícola e com condições naturais propícias ao seu desenvolvimento. No entanto, com o difícil acesso à água foram muitos aqueles que abandonaram a agricultura por não estarem reunidas condições para a sua prática”.

“Com esta obra a agricultura ganhará um novo impulso na região, haverá dinamização económica, seguramente mais empregos e prover-se-á a fixação de pessoas. É um projeto que se encaixa na visão que temos para o concelho de Vila Verde, visão essa que tem sido defendida pelos eleitos do PS ao longo de vários anos e que agora deu frutos”.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação

Deixar um comentário