Curiosidades País Região

Eleições Legislativas 2019. Nunca houve tantas mulheres na Assembleia da República

(c) Assembleia da República - DR
Redação
Escrito por Redação

Em 2015, foram eleitas 76 deputadas. Em 2019, foram 86. Um aumento, ainda que, em termos de género, a nova composição do Parlamento continue longe da paridade.

 

Mais mulheres eleitas, foram 86 eleitas para a Assembleia da República, 38%, mantendo a tendência de crescimento da última década. Já se sentem, assimos efeitos da nova lei da paridade, que entrou em vigor em Julho deste ano, definindo como limiar de paridade a “representação mínima de 40% de cada um dos sexos”

Nas eleições de 2015, foram eleitas 76 deputadas (33,04% do hemiciclo, uma proporção que tem vindo a aumentar no decorrer da legislatura, com a saída de deputados eleitos que transitaram para o Governo e outras mudanças). De acordo com o site Hemiciclo, 35% dos deputados em funções no final da legislatura são mulheres – ultrapassando com mais firmeza o limiar de 33,3% imposto pela anterior lei da paridade. Entre as bancadas parlamentares da legislatura que agora se fecha, apenas a do Partido Ecologista Os Verdes (PEV) (50%) e a do CDS (40%) estariam conforme o novo patamar de paridade de género.

Se em 2015, no rescaldo da noite eleitoral, segundo o público, tínhamos um Parlamento “renovado, masculino, de meia-idade e licenciado”, em termos de género a nova composição da Assembleia da República continua longe da verdadeira paridade de 50-50, em 2019, contados os votos em Portugal continental (e a faltarem os resultados dos consulados), em 226 assentos parlamentares, 86 são ocupados por mulheres.

O peso da presença das mulheres na Assembleia da República foi evoluindo muito lentamente nas primeiras décadas: apenas nas eleições de 1995 a proporção de mulheres no Parlamento ultrapassou um décimo do total de deputados, com 12,17% de representação. Dez anos depois, ultrapassa-se um quinto do total: são eleitas mulheres deputadas para 21,3% dos lugares no Parlamento.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação

Deixar um comentário