País

“Pais coragem”. Pais de Noa carregam caixão da bebé no dia do funeral

Partilhe esta notícia!

O pequeno caixão branco com o corpo de Noa chegou à igreja de Mira de Aire carregado em mãos pelos pais e outros familiares. A bebé de 13 meses perdeu a luta contra a atrofia muscular espinhal e morreu esta terça-feira, enquanto aguardava autorização para tomar o medicamento mais caro do mundo.

O funeral realizou-se esta sexta-feira e contou com a presença de centenas de pessoas. Muitas lágrimas e emoção marcaram as cerimónias, em que foi salientada a luta da pequena Noa pela vida, com o sacerdote a pedir que a bebé, pela sua inocência e pureza, se transforme numa luz para a vida.

Da igreja para o cemitério o pequeno caixão voltou a ser levado em mãos, num cortejo fúnebre em que se destacava o colorido de três balões: uma estrela dourada e dois corações, um azul e outro rosa.

Noa residia com os pais em Mira de Aire, no concelho de Porto de Mós, e foi a sepultar no dia em que estava agendado um evento solidário, entretanto cancelado, de angariação de fundos para os tratamentos da princesa das fitinhas.

Comentários

topo