Braga

Bruno Gonçalves, actual presidente da JS-Braga, é recandidato ao cargo

Construir futuro e afirmar uma geração é o slogan da recandidatura de Bruno Gonçalves à presidência da Juventude Socialista de Braga. A estrutura, com mais de 2200 militantes, vai a eleições na próxima quarta-feira e o actual presidente já sabe que terá a oposição de Diogo Cunha.

Esta quinta-feira à tarde, na sede da concelhia do PS, Bruno Gonçalves surgiu acompanhado de mais de uma dezena de militantes para a apresentação do programa eleitoral. O jovem considera que a JS tem estado à altura do desafio, fazendo-se ouvir na cidade nas mais variadas áreas. Sobre a sua equipa, o jovem assinala que se trata de uma lista “paritária” e que “promove a renovação iniciada há dois anos”. Sobre o último mandato, o candidato destaca a preocupação demonstrada com temas como a violência doméstica, a habitação, arrendamento jovem, futuro do trabalho ou ambiente e sustentabilidade. “Tivemos muitos jovens presentes nas nossas iniciativas, mas também decisores políticos e decisores do mundo empresarial”, recordou.

Bruno Gonçalves está já de olhos postos nas eleições autárquicas de 2021 em Braga. O jovem lembra que já decorreram recentemente dois grandes processos eleitorais em que o PS saiu “bastante reforçado” para referir que a sua equipa pretende é “continuar esta onda vitoriosa do PS e trazê-la para a cidade de Braga para que no futuro os jovens bracarenses vejam a sua voz representada no executivo municipal”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo