Destaque

Hospital de Vila Verde salva vida a vítima de explosão com inovador aparelho de via aérea difícil C-MAC

Partilhe esta notícia!

Na manhã desta segunda feira, Oriz Santa Marinha, Vila Verde, um homem foi vítima de queimaduras graves, em consequência de uma explosão durante uma queimada que o próprio fazia. Os estilhaços provocaram-lhe lesões graves no rosto e afetou-lhe gravemente as vias aéreas, levando um estado grave no que concerne à respiração. Os Bombeiros de Vila Verde, VMER e GNR foram accionados para o local, mas a entubação do doente não estava ser conseguida. Já no Hospital da Misericórdia de Vila Verde, com o auxílio de um anestesista daquela unidade e com o aparelho C-MAC foi possível entubar a vítima e salvar-lhe a vida.

O Hospital da Misericórdia de Vila Verde é a única instituição privada, do Minho, a dispor deste equipamento que auxilia os especialistas anestesiologistas na abordagem das vias aéreas difíceis.

“Este caso, comprova a necessidade de investimento na área da saúde, naquilo que são os recursos humanos mas também, no fundamental suporte técnico, para o melhor atendimento dos nossos utentes e população civíl em geral”, refere Célio Antunes Diretor de Anestesia do hospital.

O doente seguiu para o hospital do Porto já estabilizado e com o apoio da VMER e dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde.

“Um orgulho enorme para a nossa unidade hospitalar. O nosso investimento salva vidas e sabemos o quão é importante estar equipado com tecnologia que satisfaça as necessidades dos nossos doentes. Dou os parabéns a toda equipa da VMER e aos Bombeiros de Vila Verde pelo seu trabalho neste processo”, afirma o provedor Bento Morais em comunicado.

O investimento na área da saúde é um tema que tem andado na vanguarda do país e este é um caso fulcral para ajudar na estruturação de investimento.

Comentários

topo