Destaque Vila Verde

Vila Verde. Socialistas alertam “exagero a câmara querer gastar, 1,5 milhões de euros em festas”

Vereadores PS
Redação
Escrito por Redação

O PS de Vila Verde absteve-se na votação do orçamento da Câmara Municipal de Vila Verde pois “entende que é um exagero a câmara querer gastar, no próximo ano, um milhão e meio  de euros em festas e mais de 200.000 euros só para a promoção do Namorar Portugal”, segundo José Morais Vereador do PS de Vila Verde.

Diz a estrutura do PS que “não podemos concordar com as escolhas da câmara para o próximo ano”, apresentando alguns pontos.

Cita o comunicado que “a câmara  prevê  gastar um milhão e meio de euros em festas mas prevê investir apenas 25.000 euros nas habitações sociais. Só com a promoção do Namorar Portugal, a câmara prevê gastar mais de 200.000 euros, enquanto que para as Ecovias do Homem/Cávado, Vade e Neiva prevê investir apenas 1.500 euros na construção de cada uma delas, relativamente à Variante à EN101 a câmara não prevê nenhuma verba, nem sequer para um estudo consistente que fundamente a sua necessidade. A câmara não prevê nenhuma verba para o parque industrial da Ribeira do Neiva e adia investimentos no abastecimento de água. E mais exemplos poderiam ser apresentados.”

O PS refere que o caminho a seguir deve ser outro e, por isso, apresentaram 105 propostas para serem incluídas no Plano de Atividades para 2020. “É com esta postura de colaboração que sempre temos atuado e assim o faremos até final do mandato. O nosso lema será sempre: Determinados na oposição mas sempre com atitude construtiva.”, complementam.

Em reunião de câmara José Morais lamentou que “infelizmente, verificamos que várias das 105 medidas estruturantes que apresentámos para o desenvolvimento do concelho e para melhoria das condições de vida dos vila-verdenses não foram atendidas pela maioria social-democrata. Com mais de vinte anos no poder, esta maioria na autarquia não conseguiu reinventar-se e repete, ano após ano, as mesma ideias e as mesmas prioridades. Sente-se que esgotaram as suas ideias. Assim, pelo menos, podiam ter aproveitado as ideias que os vereadores do PS lhes fizeram
chegar com três semanas de antecedência”.

A concluir, José Morais afirmou que “há muitos anos que o PS defende a implantação de um pólo do ensino superior nas instalações da antiga escola primária de Vila Verde. É pois com agrado que vemos este projeto aparecer neste plano para 2020. Temos insistido ao longo destes anos que é possível a concretização deste projeto e esperamos que ele saia definitivamente do papel durante o ano de 2020.”

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação

Deixar um comentário