Destaque Esposende Ponte da Barca Ponte de Lima Viana do Castelo

Canil do Alto Minho com cerca de 300 animais à espera de acolhimento

(c) DR
Redação
Escrito por Redação

O canil intermunicipal do Alto Minho registou, no último ano, a capacidade de alojamento de animais errantes, estimando-se que há mais de 300 animais em lista de espera para o seu acolhimento.

Mais de um ano após a entrada em vigor da lei que impede o abate de animais, e em resposta escrita a um pedido de esclarecimento enviado pela agência Lusa, a Comunidade Intermunicipal  do Alto Minho, que gere o canil, referiu que “o número de animais alojados permanece idêntico em termos médios anuais, uma vez que canil tem funcionado, regra geral, no limiar da capacidade de carga, isto é, entre 90 a 100 cães. Decorrente da aplicação da atual lei, a capacidade de alojamento de animais errantes diminuiu consideravelmente, sendo que a atual lista de espera para acolhimento é três vezes superior à capacidade instalada”, frisou a associação que agrega os dez municípios do distrito de Viana do Castelo e que tem sede em Ponte de Lima.

Além dos 10 concelhos do Alto Minho, (Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira), a estrutura serve ainda o município de Esposende, no distrito de Braga.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação

Deixar um comentário