Ambiente

Alunos e associações de Pais de Braga juntos em reflorestação no distrito

O Movimento Terra de Esperança, promovido pela Fundação Galp, vai assinalar durante a próxima semana o Dia da Floresta Autóctone com um conjunto de iniciativas de florestação que incluirá a plantação de cerca de 110 mil árvores em 14 municípios de Norte a Sul de Portugal. No Minho, Braga e Monção, que foram os concelhos que mais sofreram com os incêndios de outubro de 2017, fazem parte da lista.

Em Braga, a iniciativa contará com o maior contigente de voluntários: serão mais de 1.300 alunos de cerca de três dezenas de escolas de Braga, Escudeiros, Celeirós, Vimieiro, Palmeira, Fradelos, Priscos, Aveleda, Guisande, Fradelos e Tadim, a que se juntarão ainda a Associação de Pais e Amigos da Freguesia de Cunha.

O Movimento Terra de Esperança prevê que a última destas 500 mil árvores seja plantada em abril de 2020, dando assim cumprimento a um plano de reflorestação que envolverá, nos próximos meses, parcerias com 18 municípios e com o ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo