Destaque País

Bombeiros Voluntários sem receber do Governo

© Joaquim Gomes / Semanário V
Joaquim Gomes
Escrito por Joaquim Gomes

A maioria dos bombeiros voluntários que participaram na fase reforçada do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) 2019, não receberam as compensações previstas referentes ao mês de outubro de 2019.

“Nem houve qualquer justificação para tal não ter acontecido, pelo segundo mês consecutivo”

Segundo denunciou a Associação Portuguesa dos Bombeiros Voluntários (APBV), “nem houve qualquer justificação para tal não ter acontecido, pelo segundo mês consecutivo”, o que é encarado “com muita preocupação” por aquela mesma instituição.

“A situação é um total desrespeito pelos bombeiros voluntários portugueses que durante o dispositivo contribuíram para o seu sucesso”, refere a APBV, recordando “estar previsto pelo Orçamento de Estado para 2019, o pagamento das horas de trabalho dos bombeiros voluntários, por transferência direta para as suas contas bancárias”.

Segundo o comunicado, assinado pelo presidente da APBV, Rui Silva, “constatamos uma verdadeira falta de respeito pela lei e por estes homens e mulheres, mantendo um sistema permeável a falhas e ilegalidades”.

“A APBV tem insistido junto da Assembleia da República e também do Ministério da Administração Interna, para se alterar esta situação, mas notamos algumas resistências à mudança e à transparência, que o pagamento direto e a horas traria para os bombeiros e as contas públicas”, segundo salienta aquela mesma associação da classe.

“Enviamos hoje um pedido de audiência com caráter urgente senhora secretária de Estado da Administração Interna, no sentido de contribuirmos para a resolução deste e de todas as problemáticas que afetam os bombeiros voluntários, pois entendemos que têm de ter voz ativa no que a eles diz respeito”, acrescenta a APBV.

Partilhe esta notícia!

Comentários

Acerca do autor

Joaquim Gomes

Joaquim Gomes