Destaque Vila Verde

António Vilela demite-se do PSD de Vila Verde

António Vilela renunciou ao cargo de presidente da Comissão Política do PSD de Vila Verde, avançou ontem (26) o “jornal O Vilaverdense”.

Vilela, presidente da Câmara de Vila Verde a cumprir o último mandato à frente da autarquia, deixa assim lugar para um dos seus vices, José Manuel Lopes, presidente da Junta de Freguesia de Moure.

Ao “jornal”, António Vilela, que estará a dois meses de ver o processo judicial, na qual é arguido a arrancar, alegou “razões pessoais” para a demissão. Recorde-se que em causa deste processo judicial, Vilela é acusado pelo Ministério Público dos crimes de corrupção, prevaricação e participação económica em negócio, no negócio de alienação dos direitos da Escola Profissional Amar Terra Verde do público para o privado.

Como vice-presidente da Comissão Política do PSD de Vila Verde, mantém-se Carlos Cação presidente da União de Freguesias do Vade.

Com esta “movimentação” interna no PSD de Vila Verde, algumas individualidades ligadas à política concelhia, dizem ao Semanário V que estará montada a estratégia para as próximas eleições autárquicas em 2021. Um cenário possível na candidatura do PSD de Vila Verde seria uma lista encabeçada por Júlia Fernandes (atual vereadora), José Manuel Lopes (2º), Carlos Cação (3º), Susana Silva (4º) e Carlos Tiago Alves (5º).

 

 

 

 

 

 

Comentários

Acerca do autor

Paulo Moreira Mesquita

Paulo Moreira Mesquita

Diretor Semanário V

Deixar um comentário