Opinião

Opinião. Criatividade

Li um artigo esta semana que referia que a criatividade dos colaboradores é uma das características mais apreciadas pelas empresas e isso fez-me pensar: o que faz com que algumas pessoas sejam mais criativas do que outras?

‘A criatividade é a inteligência a divertir-se’, embora esta frase que muitos acreditam ser de Albert Einstein se tenha tornado um cliché, não deixa de fazer sentido. A criatividade e inteligência estão bastante ligadas, mas não são sinónimos. A este respeito Sir Ken Robinson tem uma ted talk excelente, onde defende que o sistema educativo está a matar a criatividade das crianças, o autor refere ainda que a escola de hoje continua a educar as crianças com base numa hierarquia de disciplinas desatualizada, onde primeiro aparecem a matemática e as línguas, só depois as ciências humanas e apenas depois as artes. Ken Robinson questiona ainda: “não há nenhum sistema educacional no planeta que ensine diariamente dança as crianças da mesma forma que ensina matemática, porquê? (…) O autor faz ainda referência ao facto de as crianças nascerem com a capacidade de inovar e de serem originais e de a escola de hoje estar a retirar esse extraordinário talento.

Independentemente do sistema de ensino em que nos inserimos, é um facto que todos nós temos níveis de criatividade diferentes, isso porque todos temos um cérebro diferente. Estando o hemisfério direito do cérebro ligado à criatividade, este aumenta a sua atividade quando temos uma ideia. Mas porque é que por vezes temos um bloqueio e não surge nenhuma ideia criativa?
O mais importante é começar a desenhar ou a escrever a ideia, a partir daí o nosso cérebro vai recolhendo e selecionando a informação mais importante (e mais criativa) e voilá!

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo