Destaque

Centro Pastoral dedicado a D. Manuel Monteiro de Castro em Guimarães

Partilhe esta notícia!

O Centro Pastoral de Prazins Santa Eufémia, em Guimarães, foi inaugurado este sábado, 21 de dezembro, com uma homenagem ao Cardeal D. Manuel Monteiro de Castro, presente na cerimónia, neste regresso à terra natal. Natural de Santa Eufémia de Prazins, em Guimarães, onde nasceu a 29 de março de 1938, D. Manuel Monteiro de Castro foi ordenado padre em 1961. Doutorou-se em Direito Canónico na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, em 1967, ano em que entrou no serviço diplomático da Santa Sé. Foi ordenado bispo em 1985 e criado Cardeal pelo Papa Bento XVI, em 2012, quando se tornou Penitenciário-mor do Supremo Tribunal da Penitenciária Apostólica. Foi Núncio Apostólico em Espanha e na África do Sul, mas a sua carreira diplomática passou por muitos outros países.

A sessão contou ainda com as presenças do Presidente da Câmara Municipal, Domingos Bragança, do Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, do Padre Manuel Faria, Pároco da Freguesia entre diversas personalidades para assinalar um dia “marcante” e uma “obra que fica para todos”.

Domingos Bragança enalteceu a “dinâmica excecional da freguesia” e dirigiu as suas primeiras palavras a D. Manuel Monteiro de Castro em sinal de gratidão, sendo o principal benfeitor desta obra e um dos impulsionadores do projeto. Respeitando a origem do novo edifício, no âmbito da doutrina da Igreja, Domingos Bragança anunciou o apoio financeiro da Câmara Municipal através de um protocolo que permitirá o uso do espaço para as atividades da comunidade. “É importante reconhecer a gratidão de todos os que contribuíram para a realização deste projeto, alguns com apoio financeiro e outros com trabalho. A Câmara Municipal irá estabelecer um protocolo com o Centro Pastoral, através de um apoio financeiro, de modo a que este edifício esteja aberto à comunidade para a realização das atividades de índole cultural, e não só, tendo em conta a referência maior para que foi construído”, vincou o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães.

O edifício está localizado na centralidade da freguesia Prazins Santa Eufémia, com uma área de cerca de 600 m2, dividido em dois pisos, com cinco salas para darem resposta a vários tipos de eventos e com um orçamento a rondar os 250 mil euros.

O Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, destacou que novo Centro Pastoral é um espaço que “unifica a comunidade” e lembrou que no passado “tudo estava no espaço da igreja” no âmbito das várias atividades. Hoje em dia, sublinhou a necessidade de “mais e melhor” para reforçar a importância deste Centro Pastoral. “Existe a necessidade de um Centro Pastoral para todos os movimentos e associações se encontrem no sentido de compreenderem a doutrina da igreja, numa dimensão social”, mencionou D. Jorge Ortiga.

O Padre Manuel Faria destacou a concretização de um “sonho” que “nasceu na comunidade” e manifestou que esta “é uma obra que fica para todos”, expressando a vontade de “fazer com que este lugar seja um espaço para a juventude e assim ficarem mais próximos da igreja”.

Comentários

topo