Destaque

PSP recebe louvor depois de gesto de segurança com motards em noite de ventos fortes

Partilhe esta notícia!

A PSP veio a público, agradecer o testemunho de um cidadão, relativo a uma ação em trânsito feita por agentes desta polícia:

“Muito obrigado Manuel Claro pelo seu testemunho: “Ex.mos Senhores,
Muitos de nós, cidadãos em geral e condutores em particular, já sentimos, em algum momento ou em alguma situação, alguma irritação pela forma como fomos tratados por algum agente de autoridade. Diria que são situações, muitas vezes devido a mal-entendidos, normais que decorrem de conjunturas também elas normais. O que se passou ontem e me faz escrever aqui como forma de partilha e agradecimento é decorrente de uma situação completamente anormal numa conjuntura muito especial e extraordinária. Ou seja, se nas pequeninas e insignificantes situações do dia-a-dia podemos ter, aqui ou ali, alguma razão de queixa da PSP, a verdade é que, em situações extraordinárias e difíceis como as que todos vivemos ontem, a resposta da PSP foi absolutamente brilhante. Conduzo mota diariamente e atravesso, todos os dias, a ponte 25 de Abril para me deslocar entre a Charneca de Caparica e Lisboa. Ontem, pelas 22h, ao regressar a casa e perante a intempérie que se abateu sobre o território nacional, tive a oportunidade de viver uma experiência extraordinária com o agente da PSP que se encontrava, a essa hora, na entrada da ponte. Por isso e sem saber o seu nome, escrevo aqui para lhe agradecer a forma como a PSP geriu a situação de mau tempo na travessia da ponte com as motas. O agente em questão, mandou parar todas as motas até que passasse um autocarro. Aquando da chegada do autocarro, mandou parar o trânsito para que as motas pudessem iniciar a travessia da ponte em segurança, com o autocarro, devidamente avisado, a fazer de “batedor” e de bloqueio ao vento. Fiz, eu e mais motas, a travessia da ponte em total segurança com o referido autocarro a proteger as motas do forte vento. Tudo decorreu com total segurança, quer o autocarro, quer as motas, assinalando marcha lenta com os 4 piscas ligados e tudo dentro da maior colaboração e segurança.
Muito obrigado, PSP, muito obrigado ao simpático agente, cujo nome não sei, que se encontrava no local a proteger-nos, a todos os motociclistas, do temporal e a garantir que todos passássemos em segurança. Como referia o agente “vão lá devagarinho ao lado do autocarro para ver se ninguém se aleija” ?
Obrigado, PSP! Mais uma vez, em situações difíceis, foram excelentes!
Bom trabalho.”

 

 

Comentários

topo