Ciência Curiosidades Destaque

Acordar e ir correr? É meio caminho andado para enfarte, alerta APS

(c) DR
Redação
Escrito por Redação

O presidente da Associação Portuguesa do Sono lamenta que as pessoas achem “que trabalhar é mais importante que dormir”.

“O maior risco é a falta de respeito que se tem pelo sono. Em Portugal, ainda não se valoriza o sono como algo essencial para o nosso bem-estar e a nossa saúde”, disse à agência Lusa o presidente da associação, Joaquim Moita, que alerta para a prevalência na população portuguesa de doenças como a síndrome de apneia obstrutiva (49% dos homens e 25% das mulheres têm ou virão a ter) e a insónia crónica (10% dos adultos).

“O disparate de levantar cedíssimo e ir correr é caminho andado para um enfarte”, alerta o presidente da Associação Portuguesa do Sono.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação