Curiosidades

Banqueiro da China condenado à morte por desviar dinheiro

Jian Xiyun, ex-presidente do Hengfeng Bank, um pequeno banco regional da China, foi condenado à morte por um crime de peculato, depois de ter desviado 99 milhões de euros, segundo conta o jornal “Expansión” esta sexta-feira, 27 de dezembro.

O Hengfeng Bank teve que ser resgatado neste verão pelo governo chinês, sendo que a execução da sentença estará suspensa por dois anos, após o qual a pena máxima é normalmente comutada para prisão perpétua.

Jian Xiyun, ex-presidente do Hengfeng Bank, também foi condenado pelo Tribunal Popular Intermédio de Yantai pela destruição ilegal de documentos financeiros. O Hengfeng Bank é o maior dos três bancos regionais resgatados por Pequim em 2019, com ativos no valor de 180 milhões de euros.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo