Destaque

Compra carrinha com 150 mil quilómetros mas afinal tinha 600 mil

Partilhe esta notícia!

Em outubro do ano transato, Alberto Ferreira adquiriu uma carrinha Toyota Hilux de 2006, no valor de 11mil euros, a António Machado da empresa Metalúrgica da Agra.

A carrinha aparentava estar em bom estado, e segundo o comprador “confiei no vendedor. Foi-me dito pelo vendedor que a carrinha teve um problema no quadrante e por isso que mostrava no mesmo que tinha 61550 quilómetros, mas que tinha a volta de 150 mil quilómetros na verdade, alegando ter fatura a comprovar que fez essa alteração na Toyota.”

Anúncio mostrava 150 mil quilómetros como a quilometragem da carrinha

O lesado tem provas que no anúncio estava explícito os tais 150 mil quilómetros que alegadamente a carrinha tinha. Conta o mesmo que “passado uns dia verifiquei que no quadrante tinha um autocolante e fui ao meu eletricista para ver o que era, ele retirou o quadrante e esse autocolante era para tapar uma luz do óleo que está sempre acesa”.

 

(c) DR

(c) DR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(c) IMTT / DR

 

Inspeções mostraram outros números

Com este problema, Alberto Ferreira deslocou-se ao centro de inspeções para tentar ter informações legais dos quilómetros reais da referida carrinha. “Fiquei com algumas dúvidas acerca da carrinha, e fui ao centro de inspeções perguntar sobre os quilómetros da carrinha, onde me foi dito que a carrinha tinha 593770 quilómetros e veio para os zero quilómetros, pois agora a carrinha na realidade tem 655 mil quilómetros”.

Tentou resolver a situação verbalmente com vendedor

Conta o lesado que “liguei com o vendedor para reclamar da carrinha, ele disse-me que não tinha nada a ver com isso e que não me resolvia o problema”. O lesado deu ainda oportunidade de devolução do dinheiro e entregava a carrinha, como o vendedor em causa não mostrou interesse.

O processo seguirá para as instâncias legais para resolução.

 

Comentários

topo