País

País. Partido Livre vai votar moção para tirar deputada Joacine do Parlamento

Uma das moções a discutir no congresso do Livre, a 20 de janeiro, pede que Joacine Katar Moreira abandone o Parlamento.

“Hei-nos chegados a um ponto em que as causas defendidas pelo LIVRE parecem não conseguir sobrepor-se ao ruído constante provocado pelos faits divers mais estapafúrdios; em que o coletivo parece soçobrar numa desmedida exposição mediática do indivíduo; em que o partido se arrisca a ver a sua própria sobrevivência posta em causa. Assim sendo, no caso de a deputada não se dispuser a renunciar às suas funções, o LIVRE não tem outra alternativa a não ser retirar-lhe a confiança política”, pode ler-se no último parágrafo da moção “Recuperar o LIVRE, resgatar a política”.

No texto de duas página disponível no site do partido, faz-se uma análise muito crítica ao trabalho do partido desde o início da legislatura, salientando-se que “a eleição de uma deputada encheu todos os LIVREs de entusiasmo e esperança”, por ser possível dar a conhecer os “valores defendidos” pelo partido. Mas “não foi assim que as coisas se passaram”, consideram os signatários, que elencam várias críticas a Joacine.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo