Braga

Braga. GNR vai a julgamento por alegadamente desviar 105 euros

O Tribunal de Instrução de Braga enviou, para julgamento, um militar da GNR de Braga que alegadamente se terá apoderado de 105 euros de uma carteira encontrada na via pública, avança o O Minho. 

A Mesma fonte refere que, o Ministério Público acusara-o de peculato, crime que o guarda negou ter praticado durante o debate instrutório, esta quinta-feira realizado. O arguido foi denunciado pela mulher que encontrou o dinheiro, a qual entregou, em outubro de 2018, no Posto Territorial local, uma bolsa contendo, documentos e 105 euros. A quantia do dinheiro não constava nos registos do desaparecimento e a partir desse facto desencadeou-se o inquérito e investigação dos factos.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo