Destaque

País. Corpo encontrado em Mafra pode ser o de “Zé do Pipo”

O Ministério Público e a Polícia Marítima estão a investigar o ADN de um corpo por suspeitarem que possa pertencer ao artista Zé do Pipo, desaparecido em Novembro de 2018.

Além do ADN, as autoridades investigam ainda outros pormenores e testemunhos no caso do desaparecimento de Nuno Batista, que foi visto pela última vez em Peniche, a 6 de novembro de 2018, avança a TV7 dias. 

 

(c) DR

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo