A PSP saiu em defesa do agente: “A mulher mordeu no agente e não colaborou durante a detenção. As pessoas que estavam à volta pontapearam o agente que, sozinho, teve que usar a força necessária para proceder à detenção”, disse esta polícia em declarações à CMTV.