Curiosidades

ALERTA. Predador sexual aliciava crianças através do jogo “fortnite” em todo o país

Um homem, de 19 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ), suspeito da prática dos crimes de abuso sexual de crianças e de pornografia de menores, na posse do qual foram encontrados milhares de ficheiros multimédia – imagem e vídeo – de crianças em práticas sexuais explícitas.

Segundo um comunicado da autoridade, emitido esta quinta-feira, o suspeito conhecia os menores “na sequência da interação proporcionada pelos videojogos jogados na Internet, principalmente os multijogadores do conhecido “Fortnite”.  Privilegiando os contactos com os mais jovens, interagia depois com eles individualmente através da aplicação WhatsApp e das redes sociais Facebook e Instragam. Criada esta relação de proximidade, instava os menores a filmarem-se com o telemóvel enquanto praticavam atos sexuais de relevo, vídeos esses que depois as crianças lhe enviavam através daquelas plataformas de comunicação”, explica a mesma nota.

Os ficheiros, além de “servirem a própria satisfação sexual do suspeito”, eram também partilhados por ele com outros internautas.

O detido, empregado comercial, desenvolvia o comportamento predatório a partir de casa, numa freguesia do concelho de Salvaterra de Magos. Durante as buscas à residência, a PJ apreendeu telemóveis e diverso material informático, designadamente computadores e discos de armazenamento externo.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo