Destaque

País. Assistente social acusada de maltratar 14 crianças na Maia

Partilhe esta notícia!

Avança o Correio da Manhã que a “Arguida, que era diretora de centro de acolhimento, é acusada de agredir até bebés. Caso aconteceu na Maia. O ambiente de terror durou quase oito anos. A arguida, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, maltratou, segundo a acusação, 14 crianças – as mais novas tinham meses de vida e a mais velha 10 anos. As vítimas eram agredidas, insultadas, alvo de tratamentos humilhantes e não tinham cuidados de saúde.”

Comentários

topo