Curiosidades

Bebé está em instituição e pai lança petição para ficar com a bebé

Uma história que comoveu Portugal, contada pela primeira pessoa.

Pode ler-se na publicação “O meu nome é Giovanni Lorenzo, tenho 29 anos, atualmente vivo na cidade de Maia. Os últimos meses da minha vida tem sido muito complicados, as quais já não tenho mais força e preciso da vossa ajuda, pois a justiça está a falhar comigo em todos os sentidos. Fui pai à cerca de um ano, durante todos estes meses fui afastado da minha filha que até hoje está numa instituição. A minha relação com a progenitora é quase inexistente, ela tem intenção de dar a menina para adoção e eu como pai quero ficar com a minha filha. Tenho todas as condições para acolher e cuidar da minha princesa, uma vez que, trabalho, tenho casa, e sou capaz, mas o tribunal assim não o entende, indicam que não tenho condições, ridiculamente a verdade é que ninguém sequer averigua. Por esse motivo estou sem autorização para visitar a minha filha, algo que não entendo e por isso mesmo sinto-me revoltado”.

Lança petição a pedir ajudar

A única coisa que quero é ser pai, apoiar a minha filha e criá-la, e sinto que o sistema não deixa, pelo que o desespero e a urgência de ajuda é enorme e recorro a vocês com um ato de ajuda a vossa “voz”pode ser uma enorme ajuda. Apelo a todos vós! Ajudem me!

“Aqui vos deixo o Link da Petição Publica que estou a fazer para puder fazer justiça se puderem abrir e deixar a vossa assinatura agradeço-vos de coração aqui esta  https://peticaopublica.com/mobile/pview.aspx?pi=PT95897

Há relatos que contrariam Giovanni Lorenzo e que alegam que ele é agressor e violento. O caso está entregue à justiça.

(em atualização)

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo