Ambiente

ESPERANÇA. Biólogo cria saco que ao decompor-se torna-se comida para peixes no mar

Kevin Kumala, biólogo nascido na Indonésia, criou um saco feito de mandioca que serve de alimento para os peixes caso seja atirado ao mar. Foi depois de voltar dos EUA e ver a quantidade chocante de lixo acumulado em Bali, a sua ilha, que Kevin decidiu criar o saco especial, muito parecido com um simples saco de plástico.

Após aperfeiçoar o seu saco de mandioca amigo do ambiente, Kevin deu início à comercialização do mesmo, criando a empresa Avani Eco em 2014.

Através da Avani Eco, o biólogo vende sacos, palhinhas, talheres, copos e outas embalagens, tudo feito com materiais sustentáveis, com um tempo máximo de decomposição de 100 dias (enquanto o plástico leva 400 anos).

 

“Os nossos sacos de mandioca de tamanho médio conseguem transportar até 3,5 kg de produtos secos”, lê-se no Instagram da empresa.

Segundo a Avani Eco, já conseguiram substituir 3 toneladas de produtos não sustentáveis desde o ano de 2016.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo