Desporto Destaque País

FC Porto já reagiu ao “crime de que foi vítima o jogador Moussa Marega”

Redação
Escrito por Redação

Marega abandonou a partida entre o Vitória SC e o FC Porto, devido a insultos racistas. Os seu colegas e o treinador, Sérgio Conceição, tentaram demover o maliano, sem qualquer sucesso.

FC Porto, em comunicado, diz que Marega foi vítima do crime de racismo e condena veementemente tais atos.

Comunicado na íntegra:

Em causa o episódio de racismo que envolveu Moussa Marega no Vitória de Guimarães-FC Porto

Na sequência do crime de que foi vítima o jogador Moussa Marega durante o jogo Vitória de Guimarães-FC Porto, o FC Porto comunica que:

1. Toda a estrutura do FC Porto e os seus adeptos estão solidários com Moussa Marega, que foi levado a tomar uma atitude drástica na sequência de insultos racistas reiterados.

2. O FC Porto repudia e condena veementemente os comportamentos racistas desta tarde, que constituem um dos momentos baixos da história recente do futebol português e terão de ser devidamente penalizados.

3. O FC Porto manter-se-á na linha da frente da luta contra o racismo e os crimes de ódio e a sua equipa mantém a vontade de continuar a combatê-los no campo.

Partilhe esta notícia!

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação