Curiosidades

Márcio Costa distribui brinquedos e abraços a crianças na Índia

A primeira paragem de Márcio Costa depois de receber doações de brinquedos e roupas de várias pessoas e instituições é na Índia. Neste momento Márcio está naquele país a distribuir brinquedos a crianças e falou em exclusivo ao Semanário V da sua experiência.

Primeira experiência vivida da Índia

Márcio revela ao V que a primeira experiência em solo da Índia foi incrível. “Estava a passar por um bairro, onde havia lixo e esgotos a céu aberto. Vacas, porcos, cabras e burros a coexistir no mesmo espaço, com as pessoas sem as menores condições. Tinha uns brinquedos para entregar e ao ver três crianças comecei a distribuir. De repente apareceram mais 10 crianças, literalmente a tirar-nos as coisas das mãos. Até os pais vieram pedir dinheiro, tal era a pobreza. Foi marcante para mim e para quem me acompanha”.

Entrega conseguida a muitas mais crianças

“Demos uma boneca que a minha namorada levou a uma menina de rua ficou totalmente em êxtase. Só queria abraços”, revela o jovem vila-verdense. Márcio Costa foi munido de uma mala com brinquedos que foram distribuídos pelas crianças num “tour” feito naquele país.

(c) Márcio Costa

Márcio Costa ainda aceita doações. Como podem ser feitas as doações?

“Toda a ajuda é pouca, quantos mais ajudamos mais queremos ajudar e parece que nos tornamos pequenos debaixo de tanta miséria e pobreza neste mundo, não a pobreza que estamos habituados! Pobreza séria. As pessoas podem-me contactar através da página oficial da associação https://www.facebook.com/help.africa.congo/
Através de mensagem ou dos contactos disponíveis podem fazer a sua doação. Através da página podem encontrar um IBAN para ajudar monetariamente e contactando por comentário ou mensagem na página poderão fazer a doação de brinquedos e roupa pessoalmente a mim próprio ou ao grupo de jovens Shalom de Vila Verde”, conta Márcio.

Quem é o Márcio Costa fundador da Help Africa – Congo?

“Sou de Vila Verde, tenho 29 anos.  Com 23 anos até aos meus 27, ou seja durante quatro anos, estive no Congo a trabalhar, onde aproveitei e fundei uma associação “Help Africa – Congo” visto deparar-me todos os dias com situações que pareciam saídas de documentários e, até essa data, irreais para mim”.

Márcio Costa prepara uma segunda viagem a Marrocos e Argélia no mês de abril para continuar a sua onda solidária para com as crianças de países que precisam de apoio levando amor, abraços, roupa e brinquedos.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo