Curiosidades Destaque Região

Isabel pede ajuda para comprar carrinha adaptada para “passear com a filha”

(c) DR
Escrito por Joaquim Ribeiro
“Mais uma batalha começa hoje. Queria pedir a vossa ajuda para concretizar a aquisição de uma carrinha adaptada à minha condição para que possa me deslocar mais facilmente,para que possa passar mais tempo com a minha filha e família. É com muito carinho que vos agradeço a quem puder ajudar”, apela Isabel na publicação de apoio.
Conta autorizada por 7 dias pelo MAI
Na página de apoio pode ler-se “Relembro que é uma conta solidária autorizada pelo MAI e com conhecimento de todas as entidades competentes,mas se tiverem alguma dúvida contactem-me. A conta estará aberta durante 7 dias. OBRIGADO a todos”, complementa o pedido.
Informações da conta

TITULAR: Pedro Miguel Oliveira Da Silva IBAN: PT50 0035 0102 00052212 430 10 BIC :CGDIPTPL
História da Isabel
Isabel conta na primeira pessoa que “Em Janeiro de 2017 fui fazer uma caminhada na ecovia do vez em Arcos de Valdevez ,tudo parecia normal quando comecei a notar diferença no pé esquerdo,perda de força e arrastamento do pé. Depois de muitos meses de exames e internamentos o diagnóstico foi assustador…esclerose lateral amiotrófica.
Sem muitas explicações médicas e depois de muita pesquisa as noticias eram cada vez piores.
ELA ou Esclerose Lateral Amiotrófica é uma doença que afeta o sistema nervoso de forma degenerativa e progressiva e acarreta em paralisia motora irreversível. Pacientes com a doença sofrem paralisia gradual e morte precoce como resultado da perda de capacidades cruciais, como falar, movimentar, engolir e até mesmo respirar.
Não há cura para a Esclerose Lateral Amiotrófica. Com o tempo, as pessoas com doença perdem progressivamente a capacidade funcional e de cuidar de si mesmas.
Mas o melhor é ver o lado positivo,os dias que ainda tenho para estar com os que amo,os passeios a locais novos onde ainda poderei ser levada para conhecer.Os mimos ,abraços e beijos que ainda posso dar e receber á minha filha ao meu companheiro à minha família e ás minhas amigas”.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

Acerca do autor

Joaquim Ribeiro