Destaque

Portugueses em Macau enviaram máscaras para Portugal mas ficaram retidas na alfândega

Portugueses residentes em Macau enviaram máscaras para familiares e amigos em Portugal, mas o material fica retido na Alfândega e o preço exigido para libertar esse material é elevado, avança a RTP3.

Já foram pedidos 90 euros, por suspeitas de negócio de venda de máscaras, e a indignação é partilhada nas redes sociais. Os obstáculos começam logo no balcão dos Correios de Macau. Uma portuguesa pagou mais de 20 euros para enviar uma remessa de 60 máscaras, quando o valor unitário nas farmácias convencionadas ronda os 10 cêntimos.
Partilhe esta notícia!

Comentários

topo