Destaque

Covid-19. Municípios desinfetam espaços públicos. Vila Verde “anda a dormir”

Os municípios de todo o país estão já em acções de desinfecção de ruas e locais públicos de maior afluência de pessoas, sendo estas acções imprescindíveis para conter o alastramento da pandemia Covid-19, trazendo maior segurança aos habitantes destas localidades.

Aqui ao lado de Vila Verde, são inúmeros os municípios que já iniciaram estas desinfecções, nomeadamente, Ponte de Lima, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca, Viana do Castelo, Esposende entre outros, partilhando informações sobre as acções de desinfecção alertando a população para “não circular nesta vias enquanto se encontram húmidas” devido ao estrago que o líquido desinfectante pode provocar nomeadamente na roupa de quem por lá passa.

Vila Verde para quando?

Os vila-verdenses continuam incrédulos com a benevolência do município sobre a questão da desinfecção, não havendo até à data, nenhuma informação acerca de acções de desinfecção nas ruas de Vila Verde.

Depois da contestação sobre as medidas económicas tomadas pelo município para ajudar os vila-verdenses nesta fase de pandemia e emergência nacional muitos munícipes começam a perder a paciência com a inércia do município na questão da desinfecção de ruas. “Para quando?” Pergunta um dos moradores nas redes sociais.

 

Exemplos de municípios já em ação

 

O Município de Alcácer do Sal iniciou ontem acções de limpeza e desinfecção no espaço público, como forma de impedir a propagação do Covid-19. Duas equipas formadas por trabalhadores da Câmara dos sectores de resíduos e limpeza e de saneamento, a reforçar as acções de limpeza e desinfecção de ruas, caixotes do lixo, caixas multibanco e de zonas de muita afluência, como é o caso do acesso a farmácias. Estas acções decorreram em zonas baixas da cidade e nos bairros, anunciou a autarquia”.

“A Câmara de Esposende iniciou a desinfeção de espaços públicos, com utilização de água e produtos desinfectantes, anunciou a autarquia em comunicado”. A higienização, realizada pela Esposende Ambiente, dá especial atenção à zona envolvente ao Mercado Municipal, farmácias, bancos, supermercados, centro de saúde e hospital.

“As ruas de Ponte de Lima serão desinfetadas duas vezes por semana até data indeterminada”, anunciou a autarquia em comunicado. A desinfeção será feita com água e produtos não nocivos à saúde, mas que “podem manchar peças de vestuário” e aconselham as pessoas a ter cuidado com ruas húmidas pois não assumem responsabilidades em danos causados pelos produtos de desinfeção.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo