Desporto

Covid-19. Armazenista em Lisboa vendia gel desinfetante por 150 euros

Um armazenista da Grande Lisboa foi um dos alvos de uma das acções da ASAE, e é suspeito do crime de especulação de preço, que chegaram a atingir os 150 euros, avança a Rádio Renascença. O caso foi encaminhado pela ASAE para o Ministério Público.

Os alvos da nova acção de fiscalização da ASAE voltaram a ser sobretudo as farmácias, mas também armazéns e lojas que estão a comercializar máscaras e desinfetantes à base de álcool.

 

Foto de Arquivo

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo