Curiosidades Destaque País Região

Empresas têxteis do Norte doam batas e roupa de cama aos hospitais

Redação
Escrito por Redação

Em resposta a um desafio da ANIVEC – Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confecção, Calvelex, Lameirinho, Paulo de Oliveira, Polopique e Riopele alocaram recursos técnicos, produtivos e também financeiros para produzir equipamentos de proteção individual que serão disponibilizados aos hospitais do Sistema Nacional de Saúde (SNS).

«Estas empresas foram as primeiras a responder positivamente ao desafio, mas outras estarão em condições também de o fazer. Esperamos que, com o esforço de todos, seja possível reduzir o impacto desta pandemia na nossa sociedade», afirmou, ao Portugal Têxtil, César Araújo, presidente da ANIVEC. As primeiras 200 batas foram já entregues ao Hospital de Guimarães.

A Lasa, por seu lado, doou roupa de cama e banho ao Hospital de Braga, o mesmo tendo acontecido com a Sorema, que ofereceu toalhas de banho em falta para a mesma instituição.

Também a Sonix respondeu ao apelo dos profissionais e instituições de saúde e, de acordo com a sua página do Facebook, já entregou parcialmente cerca de 2.000 conjuntos para equipas, anunciando que «durante esta semana, agora com todos os apoios externos, contaremos estar em condições de produzir bem mais materiais que na semana passada».

Num trabalho conjunto com a ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, o CITEVE, alertando para o facto deste tipo de artigos, nomeadamente as máscaras, terem de cumprir parâmetros rigorosos para serem eficazes, está a preparar um dossier técnico com as especificações de cada peça.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação