Destaque

Covid-19. Presidente Marcelo admite “20 ou 30 mil infetados” até 17 de abril

“Sejamos verdadeiros: vai custar a ver os números de infetados atingir as duas ou três dezenas de milhares até ao dia 17? Vai. Mas o que importa é saber que o número de testes está a aumentar e bem, e que isso significa detetar mais infetados, que a maioria deles não é grave”, afirmou o chefe de Estado na declaração ao país esta noite.

Numa comunicação ao país, a partir do Palácio de Belém, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa considerou que “sobretudo que o que vai fazer a diferença é a percentagem de crescimento diário”, referindo que “uma percentagem a descer é o surto a quebrar e a aproximar-se a viragem irreversível”.

“Tem sido e continuará a ser uma mudança radical na nossa vida? Tem sido e terá de ser por mais umas semanas. Mas o que importa é sabermos que essa mudança pode valer muitas dezenas de milhares de vidas salvas”, defendeu.

 

(c) DR

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo