Destaque

Covid-19. Mulher infetada detida por “furar” o confinamento obrigatório

Em comunicado, a PSP refere que a mulher, residente em Aveiro, foi detida por violação de confinamento obrigatório, avança o Diário de Coimbra. 

“A mulher foi intercetada na via pública, a chegar apeada à sua residência, alegadamente vindo de uma farmácia existente nesta cidade, e era conhecedora do resultado positivo do teste à covid-19, realizado no dia 18 de março, bem como do dever de confinamento obrigatório”, refere a mesma nota.

A ocorrência foi comunicada ao Ministério Público.

 

Lusa

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo