Curiosidades

Vila Verde. Padre Sandro celebrou missa pascal com igreja vazia

O Padre Sandro Vasconcelos celebrou a Eucaristia na igreja da freguesia de Marrancos, com os bancos vazios, sem acólitos mas com o sentimento de dever cumprido.
Ao V o padre Sandro Vasconcelos revelou que “ontem, domingo Pascal, deram as badaladas das 11h00 e comecei a celebração Pascal. A essa mesma hora começava às Missa de Páscoa na capela do Paço Arquiepiscopal presidida pelo nosso Arcebispo Primaz D. Jorge Ortiga e em direto na página do Facebook “Padre Sandro”. Muitos perguntaram porque não foi transmitida a missa celebrada na Igreja de Marrancos. Não concordo com a quantidade de missas on-line, muitas delas com pouca qualidade de transmissão. Proponho sempre uma celebração em comunhão arquidiocesana. E não foi só este domingo. Já na semana santa o fiz. E diariamente, às 18h, também o é”.
Imagem de igreja vazia dá tristeza
O Padre Sandro revelou que é um sentimento de tristeza que sente quando entra na igreja, vazia, sem os seus paroquianos, mas que com o passar do tempo a fé toma conta do coração. “Entrar na Igreja deixa-me sempre um sentimento inicial de tristeza. Olho para o meu lado e faltam os acólitos. Olho para outro e não está lá o grupo coral. Olho em frente e faltam la tantos Josés, Flávios, Teresas…falta lá o povo. Mas o sentimento muda com o “desenrolar” da celebração. Desfruto ao máximo do silêncio em cada momento eucarístico. Uma missa Pascal diferente. Saí de lá de coração cheio. Rezei por todos os meus paroquianos, pela minha família e colegas sacerdotes.
Um “segredo partilhado” 
Ao V o Padre Sandro contou que “Chorei sozinho. Mas também me ri, pois não consegui rezar o Credo sozinho. Comecei, mas… ups… recomecei e…ups. Ri-me. Até que tive de seguir pelo missal. E foi a sorrir que saí da Igreja. Ao meio dia tocaram os sinos e cada família viveu em família o gesto de adoração à Cruz”.
Partilhe esta notícia!

Comentários

topo