Vila Verde

José Morais: “Bardamerda para aqueles que em Lisboa, olham para o Norte como uma terrinha de gente inferior”

No seguimento de uma reportagem da TVI, que apontava o grande número de pessoas infetadas pelo novo coronavírus no Norte associado à população menos educada, mais pobre e envelhecida dos nortenhos, José Morais, vereador socialista na Câmara Municipal de Vila Verde, teceu duras críticas à estação televisiva, deixando mesmo um “Bardamerda” para todos aqueles que “do seu um gabinete em Lisboa, olham para o Norte como uma terrinha de gente inferior”

Comunicado na íntegra de José Morais:

“A TVI encontrou através de uma reportagem ridícula uma justificação para haver mais casos de COVID no Norte:
População menos educada, mais pobre, envelhecida e concentrada em lares
A esses senhores e outros do género quero dizer uma coisa.
O Norte não é nada disso.
Não somos menos educados, mas se nos insultarem, podemos ser mal educados!
Não somos pobres, somos trabalhadores. A indústria e a capacidade produtiva de Portugal está aqui, porque nós sabemos empreender e trabalhar!
A população do norte é envelhecida?
Não o é quando comparada com outras zonas do país, mas temos muito orgulho nos nossos idosos, que são muito bem tratados e continuam a merecer o maior respeito das suas famílias!
Mas esta visão que alguns senhores de Lisboa têm do Norte só se justifica com o centralismo bacoco e a mania de superioridade de uma certa pseudo-elite.
A esses quero dizer que nós somos honrados e apaixonados pelas nossas tradições. E temos muito orgulho na grandeza de Portugal.
Um Portugal construído por todos, com todos e para todos.
Eu sinto muito orgulho em ser de Vila Verde, do Minho e do Norte.
E garanto-vos que não há ninguém por estas bandas que não sinta orgulho em ser do Norte.

Para os que nos respeitam, a porta está sempre aberta e serão bem recebidos.
Para os outros? Bardamerda para todos aqueles que do seu um gabinete em Lisboa, olham para o Norte como uma terrinha de gente inferior.
Agora cada um que enfie a carapuça conforme for o caso.
Como se diz no Norte: Respeitem se querem ser respeitados!”

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo