Destaque

Vila Verde. EPATV adquire 200 tablets para alunos carenciados. Câmara exclui escola

A Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) decidiu adquirir 200 tablets para que “os alunos mais carenciados e em desvantagem nos meios de acesso ao ensino digital terem ainda este ano letivo a igualdade de oportunidades”.

João Luís Nogueira, diretor da EPAV, diz, em comunicado enviado à redação do Semanário V, que em diversas recentes reuniões “levou à tomada de decisões estratégicas, entre as quais o adiamento de investimentos que tinha em cursos nomeadamente a construção de novas cozinhas pedagógicas, salas 4.0, entre outras, para de imediato se dedicar ao seu trabalho de escola inclusiva, fazendo a aquisição no curto espaço de tempo de 200 tablets/Portáteis para que os alunos mais carenciados e em desvantagem nos meios de acesso ao ensino digital terem ainda este ano letivo a igualdade de oportunidades.”

Câmara Municipal de Vila Verde exclui EPATV na estratégia de ensino à distância

Diz João Luís Nogueira que uma vez que a autarquia vila-verdense, liderada por António Vilela (PSD) excluiu a EPATV na sua estratégia para o ensino em plena pandemia do novo coronavírus, nomeadamente o ensino à distância, resolveu aquela instituição o problema por meios próprios: “como não fomos incluídos nem sequer contactados pela CMVV para em conjunto, como deveria ser, fazermos face a este desafio, tivemos que tomar decisões colocando sempre em primeiro lugar os nosso jovens e as famílias que em nós confiam”.

O diretor revela ainda que “no próximo ano letivo todos os alunos que se matriculem no 10ª ano na EPATV, terão à sua disposição equipamentos informáticos fornecidos pela escola para garantir um melhor acompanhamento escolar e acompanhar as novas estratégias pedagógicas a implementar onde esta ferramenta é essencial nos dias de hoje, no perseguimento de uma escola inclusiva e de acordo com o mercado do futuro.”

João Luís Nogueira apela envolvimento de novos parceiros no concelho: “para cumprir este objetivo de integração plena na EPATV, precisamos do envolvimento de outros parceiros de forma a que o concelho seja dotado de infraestruturas que permitam todos os nossos alunos terem acesso à internet, o que infelizmente, de momento não acontece”.

Programas de apoio ao sucesso escolar promovidos pela CIM Cávado/Município de Vila Verde sem resposta à atualização tecnológica dos alunos

“Por outro lado, dos programas de apoio ao sucesso escolar promovidos pela CIM Cávado/Município de Vila Verde, também não se conhece resposta a este desafio de atualização tecnológica dos nossos alunos, residentes e/ou estudantes em Vila Verde”, diz João Luís Nogueira.

João Luís Nogueira © FAS / Semanário V

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo