Curiosidades

Covid-19. Reino Unido começa amanhã a testar vacina em humanos

Em tempos normais, atingir esse estágio levaria anos”, disse o ministro britânico em conferência de imprensa, enfatizando que o processo de desenvolvimento de uma vacina é uma questão de “tentativa e erro”. Apesar das incertezas, “as vantagens de ser o primeiro país do mundo a desenvolver uma vacina bem-sucedida são tão grandes que estou a investir todos os recursos possíveis”, sublinhou Hancock.

O ministro da Saúde Britânco disse ter disponibilizado 20 milhões de libras (22,60 milhões de euros) para a equipa de Oxford e outros 22 milhões de libras (24,90 milhões de euros) para outro projeto de vacina desenvolvido no Imperial College of London. “Vamos dar-lhes todos os recursos necessários para maximizar as suas hipóteses de sucesso o mais rápido possível”, afirmou Hancock. Enquanto essas duas investigações prosseguem, o Governo britânico anunciou que também investirá para aumentar sua “capacidade de fabrico”.

“Se uma dessas duas vacinas funcionar e for segura, podemos disponibilizá-la aos britânicos o mais rápido possível humanamente”, adiantou.

 

(c) DR

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo