Destaque

Mundo. Enfermeira grávida no combate à Covid-19 foi morta em tiroteio

Uma das vítimas do tiroteio mais mortal do Canadá, levado a cabo por um dentista, foi uma enfermeira grávida que estava na linha de frente da batalha contra o coronavírus, revelou o marido em uma nova entrevista ao nypost.com.

Kristen Beaton, uma enfermeira do Canadá, estava à espera do seu segundo filho quando foi morta a tiro pelo dentista Gabriel Wortman durante seu tumulto de 12 horas de duração, que começou no sábado à noite em uma cidade rural da Nova Escócia.

“Nunca contamos à família”, disse o marido, Nick Beaton, à CTV News na terça-feira sobre sua gravidez. “Íamos contar esta semana, quando ela estava de férias. Nosso filho [de 3 anos] Daxton ia vestir uma camisa para contar a novidade”.

 

(c) Facebook

 

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo