Ciência

País. Pandemia Covid-19 deixa milhares de cancros por diagnosticar

A pandemia mantém o Sistema Nacional de Saúde fechado aos cuidados não urgentes há mais de um mês e os efeitos adversos vão surgir. Avança o Jornal Expresso que  a oncologia é das áreas mais afetadas e os prestadores de serviços falam em milhões de atos por realizar, ao nível de exames de diagnóstico e análises clínicas.

Avança a mesma fonte que a Liga Portuguesa Contra o Cancro parou os 30 mil rastreios mensais a tumores e o prognóstico não é bom: mais de quatro mil pessoas estarão com cancro sem saber.

Segundo a Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG), com base nos dados mais recentes do Globocan, o observatório de cancro da Organização Mundial da Saúde, os especialistas admitem que o primeiro mês de suspensão desta atividade terá impedido, no total, o diagnóstico de 4849 novas neoplasias.

 

(c) NAM

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo