Destaque

Mota-Engil doa 180 mil máscaras cirúrgicas e FFP2 a hospitais do Norte

Fundação Manuel António da Mota e a Mota-Engil reforçam o seu apoio no combate à propagação da COVID-19 com este novo donativo de máscaras, depois da oferta de 17 mil fardas protetoras. O Grupo juntou-se também ao projeto de investigação internacional Global Response com a atribuição de 250 mil euros.

A Fundação Manuel António da Mota (FMAM) e a Mota-Engil reforçaram esta semana o seu apoio à investigação de uma vacina para a proteção ao vírus da Covid-19, bem como no apoio à proteção dos profissionais de saúde que estão na linha da frente no tratamento das pessoas infetadas.
Alinhada com a política de responsabilidade social do Grupo, a Mota-Engil entregou 180 mil máscaras cirúrgicas e FFP2 destinadas à proteção de profissionais de saúde nos hospitais de Campanha Porto, dedicado ao tratamento de pacientes infetados pela Covid-19, e os Centros Hospitalares e Universitários de São João e Porto.
O material foi depositado no Hospital de Campanha montado pela autarquia no SuperBock Arena – Pavilhão Rosa Mota, e insere-se no programa de apoio dedicado aos profissionais de saúde em Portugal, tendo anteriormente a Mota-Engil efetuado o donativo de 17.000 fardas protetoras ainda em março, no início do Estado de Emergência Nacional e com a declaração de Pandemia.

FMAM apoia o Global Response

Numa iniciativa promovida em conjunto entre um grupo de entidades nacionais públicas e privadas e o Estado Português, que resultou na doação de 10 milhões de euros para acelerar a pesquisa, desenvolvimento, produção e acesso equitativo a vacinas, diagnósticos e tratamentos, a Fundação Manuel António da Mota foi uma das entidades que assumiu o seu contributo. O apoio ontem firmado será disponibilizado para o projeto internacional Global Response.

 

(c) Mota_Engil

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo