Destaque

Perfis falsos nas redes sociais na agenda política em Vila Verde

O véu foi levantado publicamente por Paulo Marques, líder do CDS-PP de Vila Verde. “Porque será que existem tantos perfis falsos na política em Vila Verde?”, começa por interrogar no comunicado enviado ao Semanário V.

A questão tem sido discutida há já vários meses pela calada. Várias denúncias já chegaram ao V, mas sempre em anonimato. Marques foi o primeiro a apontar o dedo.

“Hoje, novamente, mais um perfil falso que tivemos de procurar compreender. Uma tal de “Maria Lopes”( https://www.facebook.com/profile.php?id=100044133340129). Resumindo o perfil, só diz mal de todos o que não sejam PSD e só diz maravilhas de tudo o que é executivo camarário, Júlia Fernandes e PSD de Vila Verde. Só neste perfil falso, assim de repente, encontramos mais uma série de perfis falsos, uma tal de Graça Silva, uma outra Andreia Cruz, e por aí fora. Enfim, o perfil desta gente é comum a já conhecido, curiosamente, todas profundas defensoras da Dra. Júlia Fernandes e do PSD de Vila Verde.”

O líder centrista enumera alguns dos perfis, alegadamente falsos, que coincidem com os de outrora denunciados ao Semanário V:

Andreia Cruz: https://www.facebook.com/andreia.cruz.94043

Lucia Azevedo: https://www.facebook.com/profile.php?id=100046263593088

Graça Silva: https://www.facebook.com/profile.php?id=100044422454246

Maria Lopes: https://www.facebook.com/profile.php?id=100044133340129

José Torres: https://www.facebook.com/josetorrespilot

Julio Abreu: https://www.facebook.com/juliocastroabreu

Braga Noite: https://www.facebook.com/braga.noite.1

Diario de Portugal: https://www.facebook.com/Di%C3%A1rio-de-Portugal-117300199820839/

“Estratégia é cobarde, desonesta e muito antiga”

Para Paulo Marques, a “estratégia é cobarde, desonesta e muito antiga”. Dizem mesmo que estes ‘defensores do PSD de Vila Verde’ “salivam ódio por tudo o que seja opinião diferente e que lhes mostrem a “careca” na praça publica. Democracia e liberdade de expressão para esta gente nunca existiu, é o tal ‘se não estás comigo, estás contra mim’ tão típico dos ditadores. O ódio é de facto a vingança dos cobardes, nada melhor que perfis falsos para o mostrar. Enfim, uns tristes sem princípios alguns e que nem todo o dinheiro do mundo lhes dá o chá da verticalidade.”

Marques lança resposta: “tenham a bondade de ser homenzinhos e mulherzinhas, falem olhos nos olhos, sem cobardia, assumam o vosso nome e a vossa linda cara, daqui não haverá medo das vossas opiniões, garanto. Respeitem quem vos confiou o voto e sejam políticos, não politiqueiros cobardes.”

Paulo Marques, após uma larga temporada de costas voltadas para alguma comunicação social (Semanário V incluído) lança o repto: “pergunto à comunicação social: não falam disto porquê? não investigam isto porquê?”

O caso poderá dar seguimento a denúncia para o Ministério Público, diz o líder centrista.

Perfis comentam e partilham conteúdos do executivo PSD de Vila Verde 

Segundo o que apurou o Semanário V, estes perfis alegadamente falsos, habitualmente comentam e partilham conteúdos do executivo PSD de Vila Verde e da publicação Terras do Homem, rejuvenescida recentemente. Além de serem “amigos em comum”, comentam nos perfis uns dos outros: estratégia normalmente usada para manter ativas contas falsas nas redes sociais, revela Cid Correia, consultor em segurança informática, ao Semanário V.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo