Curiosidades

Porto. Reservas de sangue Centro Hospitalar de São João em ruptura iminente

O Banco de Sangue do Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto, está a registar uma “diminuição significativa” de dadores e pode deixar de ser autossuficiente em sete a 10 dias, avança o Jornal de Notícias.

A diretora do serviço de imuno-hemoterapia, Maria do Carmo Koch, admitiu em declarações à mesma fonte que “há um medo que não é exclusivo de Portugal”, devido à Covid-19.

À Lusa Maria Koch admitiu que: “temos as reservas de sangue, mas essas reservas precisam de ser substituídas porque todos os dias temos doentes que precisam de sangue. Se as reservas não forem substituídas poderemos ter rutura. Teremos de contactar o IPST [Instituto Português do Sangue e Transplantação] e, numa última análise e hipótese, poderá ocorrer o cancelamento de cirurgias programadas”.

 

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo